quarta-feira, 11 de novembro de 2009

A influência da linguagem virtual

Cada vez mais os recursos tecnológicos fazem parte da vida de diversas pessoas. Os avanços surgem rapidamente com informações que possuem ritmo acelerado, dinâmico, exigindo uma comunicação ligeira e eficiente, mas que necessita de cautela para que não se crie o péssimo hábito de abreviações e erros na escrita do texto que se esteja fazendo.
Muitos questionamentos são feitos em relação à linguagem virtual dos jovens que buscam escrever seus textos de forma rápida, gerando facilmente erros gramaticais, falta de acentuação gráfica, eliminação de sílabas entre outras.
Um dado preocupante para pais e principalmente professores é a linguagem que está sendo utilizada por adolescentes, devido à realidade dessa prática está mais familiarizada nesse grupo. Esta escrita agrada os jovens por ser uma linguagem fácil, uma influência que pode ser percebida de forma negativa nos textos dos alunos, fazendo com que aos poucos deixem de desenvolver seu senso crítico diante de determinadas situações por ainda estarem em fase de amadurecimento.
Analisando situações em salas de bate papo, chats, pode-se notar que surge uma tendência a um raciocínio limitado, trata-se de uma conversa que acontece em tempo real. Compreende-se que de fato a comunicação veloz nos meios virtuais tem influenciado a escrita, pois aqueles que a usam acreditam estar sintonizados com esta “nova” forma de escrever proporcionada pela internet.
Diante dessa realidade que se faz presente nos dias atuais é preciso atentar não só para os meios tecnológicos, mas analisar as influências que elas têm apresentado com seu surgimento. Porém, não é necessário que se separe a escrita virtual da escrita formal, e sim procurar desenvolver meios para que se trabalhe com ambas, proporcionando assim um trabalho atualizado e aliado ao desenvolvimento educacional para que dessa forma as pessoas possam interagir diretamente com a sociedade.


Denise Herculano de Barros
IIº Período – História
FACETEG – UPE

2 comentários:

  1. Muito bem Gostei do seu artigo
    Maria Tatiane

    ResponderExcluir
  2. A influencia do termo linguagem generica, ou vicios de linguagem em trabalhos escolares vem trazendo garnde caus a vida da maioria dos estudantes, afinal, quem ate hoje não deu uma burladinha na norma dita como culta, em um louco passeio por a terra inquietante das abreviações...Eu mesmo sou cupado, e você, quer dizer vc ñ é...?

    ResponderExcluir